M People

Os M People, grupo musical inglês, surgiram em 1990, em Manchester, quando Michael Pickering (n. Março de 1958, Manchester), ex-líder dos T-Coy e DJ do clube lendário "Hacienda", e Paul Heard, ex-baixista dos Working Week e dos Orange Juice se juntaram em estúdio para gravar composições. O projeto tinha, a princípio, o objetivo de incluir vários vocalistas esporádicos, mas a adaptação perfeita da voz grave Heather Small (ex-vocalista dos Hot! House, um grupo londrino de música soul) aos temas acabou por levar à sua inclusão a título permanente.
Estrearam-se em 1991 com dois singles: Colour My Life e How Can I Love You More. Estes temas fizeram parte do primeiro álbum do grupo, Northern Soul (1992), considerado um dos melhores álbuns de dança daquele ano.
Seguiu-se Elegant Slumming (1993), que incluiu os êxitos "One Night In Heaven", "Moving On Up" e uma versão de "Don't Look Any Further", de Dennis Edwards. Depois da reedição do álbum nos EUA, o baterista Shovell entrou para o grupo. Em 1994, surgiu o terceiro álbum, Bizarre Fruit, um dos trabalhos mais vendidos da década de 90. "Sight For Sore Eyes", "Open Your Heart" e "Search For The Hero" foram alguns dos melhores momentos de dança apresentado por este trabalho. Nesse mesmo ano ganharam o prestigiado Mercury Music Prize. Em 1995, uma reedição de Bizarre Fruit em formato duplo incluiu versões remisturadas e ao vivo e um novo single, a versão de "Itchycoo Park" dos Small Faces.
O trabalho seguinte, Fresco (1997), originou êxitos como "Just For You", "Fantasy Island", "Angel St." e uma versão de "Avalon" dos Roxy Music. Depois de uma extensa digressão pela Europa em 1998, os M People voltaram ao estúdio para gravar "Testify", "Dreaming" e "What A Fool Believes" (dos Doobie Brothers), três temas incluídos na coletânea The Best Of M People, editada no mesmo ano.
O trajeto dos M People foi bastante consistente e marcou uma época na música house, desempenhando um papel importante na generalização dessas sonoridades a outros públicos.
Em 2003, foram re-editados os primeiros três albuns da banda, sob o título 3 Originals.
Como referenciar: M People in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 04:41:33]. Disponível na Internet: