Madonna

Artista norte-americana, Madonna é o nome artístico de Madonna Louise Veronica Ciccone, nascida em Detroit, no estado norte-americano do Michigan, a 16 de agosto de 1958. A sua carreira foi desde o início traçada pelas características mais marcantes da sua personalidade artística: a imagem de menina rebelde, aliada ao seu comportamento ousado e ao modo de estar em palco. Aliás, imagem e sucesso musical sempre mantiveram uma dialética perfeita ao longo da carreira da cantora, sendo a segunda a causa direta da primeira. Ao mesmo tempo, Madonna afirmou-se como um dos mais poderosos símbolos sexuais dos anos 80 e 90. "Like a Virgin", o seu primeiro grande sucesso, em 1984, incorporava já todas aquelas características da cantora que a viriam a tornar famosa: a rebeldia, a sedução e a excentricidade, que se aliariam à extrema dinâmica musical dos seus espetáculos ao vivo. Madonna provaria ser uma artista de palco, não de estúdio, revelando melhor a sua personalidade artística quando colocada diretamente perante o público. Os êxitos musicais da carreira da artista sucederam-se, com "Material Girl" (1985), "Crazy for You" (1985), "Papa Don't Preach" (1986), "La Isla Bonita" (1987), "True Blue" (1987) e outros, que fizeram de Madonna uma das personalidades mais marcantes do espetáculo norte-americano. Pelo contrário, as experiências de Madonna como atriz - em filmes como Desperately Seeking Susan (Desesperadamente Procurando Susana, 1985), Dick Tracy (1990) e Body of Evidence (Corpo de Delito, 1993) - não tiveram, de uma maneira geral, idêntico sucesso. Já Evita (1996), que Madonna protagonizou, contracenando com Antonio Banderas, constituiu um êxito. Em 2000, casou-se com o realizador Guy Ritchie que a dirigiu no enorme fracasso Swept Away (2002).
Em 2003, a cantora estreou-se como autora de livros infantis, ao publicar The English Roses (As Rosas Inglesas), seguido de Mr. Peabody´s Apples (As Maçãs do Sr. Peabody) e de Yakov and the Seven Thieves (Yakov e os Sete Ladrões).
Inspirada na Cabala, o estudo profundo do judaísmo mítico, Madonna alterou, em 2004, o seu nome para Esther, que, segundo o Antigo Testamento, terá sido uma rainha que salvou judeus de um massacre. Com esta mudança, a cantora pretendeu sobretudo atrair novas e positivas energias, uma vez que "Madonna" era também o nome da sua mãe, falecida precocemente.
Ainda nesse ano, a cantora anunciou a sua vinda a Portugal, tendo sido marcados, para 13 e 14 de setembro, no Pavilhão Atlântico, Lisboa, dois mega concertos inseridos na sua digressão mundial Re-Invention Tour.
Como referenciar: Madonna in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 07:18:04]. Disponível na Internet: