Mãe Coragem e os seus Filhos

Peça teatral escrita por Bertolt Brecht no início da Segunda Guerra Mundial. Conta a história de uma vendedora ambulante, Anna Fierling (a "mãe coragem"), que acaba por perder os seus três filhos, sacrificados pela guerra. Primeiro, o honesto Queijo Suíço, depois o soldado Eilif, e finalmente a muda Katrin, morta por tentar salvar a própria mãe.
A estreia em Portugal ocorreu em 1986, no Teatro Aberto, com encenação de João Lourenço, cenário de José Carlos Barros e interpretações de Eunice Munõz (no papel principal), Irene Cruz, Carlos Daniel, Orlando Costa, Mário Pereira, Ruy de Carvalho, Rogério Paulo, São José Lapa e Manuel Cavaco, entre outros. Este espetáculo foi histórico no âmbito do teatro em Portugal. Aclamado pela crítica, venceria inúmeros prémios, de que se destacam os Prémios Garrett (Melhor Produção, Encenação, Cenógrafo e Atriz), atribuídos pela Secretaria de Estado da Cultura, os Troféus Nova Gente (Melhor Espetáculo, Encenação, Cenografia e Atriz), os Setes de Ouro (Melhor Encenador, Cenógrafo, Atriz e Ator) e o Prémio Antena 1 para o Melhor Espetáculo de 1986.
Como referenciar: Mãe Coragem e os seus Filhos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 12:31:37]. Disponível na Internet: