mamba africana

Animal do filo dos cordados, da classe dos répteis, da ordem dos escamosos e família dos Elapídeos que é constituída por cerca de duzentas espécies.
As mambas (género Dendroaspis) de cor verde ou negra são as mais perigosas serpentes de África. São notáveis pelo seu temperamento agressivo e agilidade e deslocam-se muito rapidamente podendo atingir em percursos pequenos velocidades de vinte e cinco quilómetros horários.
De acordo com a sua cor no grupo de mambas separam-se o grupo das mambas verdes, que inclui três espécies e o das mambas negras com uma única espécie. A mamba-negra é a serpente mais venenosa de África. Além da cor, difere quanto a alguns hábitos e preferências. A mamba-verde (Dendroaspis viridis) da Guiné e a (Doendroaspis jamesoni) da bacia do Congo preferem viver longe do solo, e habituaram-se a uma existência arborícola. Habitam as florestas, as savanas arborizadas e os bosques onde cresçam árvores de grande porte. As mambas verdes mostram-se habitualmente muito mais tranquilas que as mambas negras. A mamba-negra (Dendroaspis polylepsis) vive no solo ou entre a vegetação rasteira, é muito nervosa e particularmente agressiva. As mambas alimentam-se quase exclusivamente de animais de sangue quente. A mamba-negra come mamíferos e outros animais de sangue quente, enquanto a mamba-verde acrescenta à sua dieta répteis e anfíbios. Os inimigos mais perigosos das mambas são as águias.
As mambas negras, apresentam coloração variável, sendo de coloração cinzenta ou parda, com cinzento mais claro dos lados da cabeça. O único pigmento negro encontra-se dentro da boca que a mamba exibe quando se defende, esticando o pescoço e abrindo as mandíbulas.
As mambas possuem cabeça grande. Os olhos são grandes dotados de pupila redonda. O corpo é delgado coberto de escamas lisas e brilhantes. Possuem os grandes dentes venenosos muito à frente da maxila. Além disso possuem dentes compridos na parte anterior da mandíbula que lhes serve para cortar a presa. O tamanho da mamba-negra oscila entre os dois metros e meio e os quatro metros e o comprimento das mambas verdes pode ir até aos dois metros e meio.
As fêmeas põem, na primavera e início do verão, de nove a catorze ovos muito alongados. As crias nascem com cerca de cinquenta centímetros de comprimento, sendo já capazes de matar pequenos roedores. Tanto os juvenis das mambas verdes como das mambas negras que inicialmente são esverdeados crescem rapidamente podendo atingir o comprimento de cerca de dois metros ao fim de um ano.
Como referenciar: mamba africana in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 07:28:56]. Disponível na Internet: