Manuel de Falla

Compositor e pianista espanhol, nasceu em 1876, em Cádiz, e faleceu em 1946. A sua música constitui uma síntese muito personalizada da música popular espanhola e da música francesa muito sofisticada, que se produzia no início do século (Debussy sobretudo), com orquestrações brilhantes (muito inspiradas em Puccini e Wagner), a que não é alheio o facto de se ter instalado, de 1907 a 1914, em Paris (após estudos em Madrid), onde encontrou e privou com grandes nomes da música - Albeniz, Ravel, Debussy, Stravinsky. Deste período datam: Peças espanholas (1908), Três Melodias (1910). De novo em Espanha, após o início da Grande Guerra, escreve o ballet O Amor Feiticeiro (1914), e, para piano e orquestra, Noites nos Jardins de Espanha (1916). Em 1919, estreia em Londres o ballet Tricorne, e, em 1926, apresenta o famoso Concerto para Cravo. Morre na Argentina onde se exilara, em 1939, após a vitória do exército franquista.
Como referenciar: Manuel de Falla in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 03:12:33]. Disponível na Internet: