Manuel Pinho

Governante e economista português, Manuel António Gomes de Almeida de Pinho nasceu a 28 de outubro de 1954.
Em 1976, concluiu a licenciatura em Economia no Instituto Superior de Economia e Gestão, em Lisboa, e, sete anos decorridos, fez o doutoramento em Economia na Universidade de Paris. Na altura, era já docente na Universidade Católica Portuguesa e no Instituto Superior de Economia, ambos em Lisboa. Deu aulas até 1984, ano em que foi viver para Washington, capital dos Estados Unidos da América, para trabalhar como economista no Fundo Monetário Internacional (FMI). Após três anos de trabalho no FMI, regressou a Portugal para assumir a presidência da Comissão de Fiscalização da Caixa Geral de Depósitos. Até 1994 Manuel Pinho desempenhou cargos de destaque na área financeira, tendo sido administrador do Banco Europeu de Investimento e presidente da Junta de Crédito Público. O economista representou ainda o governo português no Comité Monetário, em Bruxelas, na Bélgica, e foi Diretor-Geral do Tesouro.
Em 1994, ingressou no grupo financeiro Espírito Santo, tendo exercido ao longo de mais de dez anos diversos cargos administrativos. Nomeadamente, chegou a administrador do Banco Espírito Santo. Paralelamente, Manuel Pinho foi nomeado membro do Conselho Económico e Social. Em 2004, suspendeu todas as suas funções no Grupo Espírito Santo para se dedicar à realização de um curso sobre Teoria do Crescimento, que teve lugar nos Estados Unidos da América.
Entretanto, havia surgido ligado ao Partido Socialista quando este estava na oposição e era liderado por Ferro Rodrigues, o que aconteceu entre 2002 e 2004. Manuel Pinho colaborou com o dirigente socialista na definição das políticas económicas do partido.
Após a demissão de Ferro Rodrigues, em julho de 2004, José Sócrates assumiu a liderança do PS. Manuel Pinho passou então a ser o porta-voz do novo líder socialista para as áreas económicas.
A 12 de março de 2005, Manuel Pinho foi empossado como ministro da Economia e Inovação do XVII Governo Constitucional, liderado pelo primeiro-ministro socialista José Sócrates.
Como referenciar: Manuel Pinho in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-28 04:23:01]. Disponível na Internet: