Marcia Gay Harden

Atriz norte-americana, Marcia Gay Harden nasceu em La Jolla, na Califórnia, a 14 de agosto de 1959. Formada em Teatro pela Universidade do Texas, começou a sua carreira a trabalhar em alguns teatros de Washington.
A sua oportunidade no cinema surgiu em 1986 em The Imagemaker. Regressou depois em Miller's Crossing (História de Gangsters, 1990), dos irmãos Coen, contracenando com Albert Finney e Gabriel Byrne. Em 1991, participou na comédia independente Late for Dinner, a que se seguiu Crush (1992), relativo êxito no Festival de Cannes. Nesse mesmo ano, integrou o elenco de luxo da comédia Used People (Um Certo outono), com Jessica Tandy, Marcello Mastroianni, Kathy Bates e Shirley McLaine.
Em 1993, regressou ao teatro na Broadway para participar na peça que lhe valeu um Tony, Angels in America. No cinema, participou ainda em vários papéis que obtiveram o reconhecimento da crítica: The First Wives Club (O Clube das Divorciadas, 1996); Flubber (O Professor Distraído, 1997), ao lado de Robin Williams; Desperates Measures (Medidas Extremas, 1998), de Barbet Schroeder, com Michael Keaton e Andy Garcia; e Meet Joe Black (Conhece Joe Black?, 1998), ao lado de Anthony Hopkins e Brad Pitt.
No ano 2000, entrou em Space Cowboys, de Clint Eastwood, e participou ainda em Pollock, com Ed Harris, no papel de Lee Krasner, mulher do conhecido pintor. A sua atuação é considerada brilhante e uma das melhores da sua carreira, o que lhe proporciona um Óscar para Melhor Atriz Secundária.
Em 2003, obteve nova nomeação para o Óscar de Melhor Atriz Secundária pelo seu trabalho em Mystic River, de Clint Eastwood.
Como referenciar: Marcia Gay Harden in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 08:29:50]. Disponível na Internet: