Maria Henriqueta Costa Campos

Linguista portuguesa, Professora Associada (com Agregação) Jubilada da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL), Maria Henriqueta Adelaide Mourão da Costa Campos nasceu a 4 de fevereiro de 1929, em Lisboa.
Concluiu a sua primeira licenciatura em Ciências Matemáticas, pela Faculdade de Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa em 1952, tendo concluído a segunda em Filologia Românica, pela Faculdade de Letras da mesma Universidade em 1973. Ingressou no corpo docente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa em 1976. Em 1989 terminou a dissertação de Doutoramento em Linguística, especialidade em Estudos Gramaticais, subordinada ao tema "Abordagem enunciativa de um subsistema do sistema modal do português. Verbos dever e poder", apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Apresentou provas de Agregação em Semântica em 1999, ano em que se jubilou.
Como docente, lecionou várias disciplinas às licenciaturas em Letras e em Linguística, de entre as quais Sintaxe e Semântica do Português, Filosofia da Linguagem, Semântica e Enunciação e Linguística Francesa. Ministrou também seminários em cursos de mestrado de várias universidades, de entre os quais os seminários de Modelos Teóricos I (Semântica), Semântica e Problemas de Gramática, Semântica e Enunciação (na FCSH-UNL); o seminário de Pragmática Linguística (no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho); e o seminário de Semântica (na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa). Ministrou ainda seminários de Doutoramento em Problemas dos observáveis em linguística e em Enunciação Mediatizada e Modalidade, na FCSH – UNL. Deu palestras, seminários e conferências em universidades portuguesas e estrangeiras (1999, Universidades de Paris VIII, Paris III e Paris IV; 2000, Universidade Carolina, Praga; 2000, Universidade de Santiago de Compostela e Universidade de Vigo; 2003, Universidade Marie Sklodowska-Curie, Lublin, Polónia). É responsável pela linha de investigação n.º 3 em Semântica do Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas /Fundação Ciência e Tecnologia). Neste âmbito, com a equipa que integra a Linha de Investigação, desenvolveu investigação e projetos, de entre os quais o projeto Gramática e Enunciação, que levou a um aprofundamento do conhecimento nos domínios da determinação nominal e da determinação verbal. Colaborou ainda em vários projetos dentro da mesma linha de investigação no Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa, de entre os quais se destacam, "Análise linguística formal de textos", "Estrutura semântica do diálogo", "Verbos e formas esquemáticas", "Gramática da Construção de valores referenciais", a partir da "Terminologia linguística", elaborada por encomenda do Departamento do Ensino Secundário a linguistas das diferentes áreas, e destinada a substituir as terminologias em vigor .
Merecem especial destaque os estudos que desenvolveu em semântica do português dentro do quadro da teoria das operações predicativas e enunciativas, tendo em particular trabalhado sobre modalidade, tempo e aspeto, e sobre questões de Linguística Geral.
De entre as suas publicações em livros, revistas e atas de colóquios, salientam-se os seguintes títulos:
1991, Sintaxe e Semântica do Português, Lisboa, Universidade Aberta. Responsável pelas Unidades 1, 2, 8, 9, 11 e 12. (livro em colaboração com Maria Francisca Xavier).
1992, Dicionário de termos linguísticos Vol. II, Lisboa, Edições Cosmos (responsável por termos de Semântica e pelos termos de Teoria Formal Enunciativa). (obra coletiva).
1995, "Complementaridade nocional e construção da significação - A propósito de Pensar, de Vergílio Ferreira" in Atas do Colóquio Interdisciplinar Vergílio Ferreira, cinquenta anos de vida literária (Porto, janeiro 1993), Porto, Fundação Eng. António de Almeida, 155-164.
1996, «De Saussure às teorias enunciativas: rutura ou continuidade?», Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas 9, 49-59.
1997, "Sobre a modalidade" in Sentido que a vida faz. Estudos para Óscar Lopes, Porto, Campo das Letras, 539-545.
1997, Prontuário ortográfico e guia da língua portuguesa (coordenadora da atualização linguística), Lisboa, Editorial Notícias.
1997, Tempo, Aspeto e Modalidade. Estudos de linguística portuguesa, Porto, Porto Editora.
1998, "Approche énonciative de quelques faits de modalité", in Atti del XXI Congresso Internazionale di Linguística e Filologia Romanza (Università di Palermo, Settembre 1995), vol.III, Tübingen, Niemeyer, 169-177.
1998, Dever e Poder. Um subsistema modal do português. Lisboa, JNICT/Fundação Calouste Gulbenkian.
1999, "A negação polémica num corpus de diálogo" in A.C.M.Lopes & C.Martins (eds.) Atas do XIV Encontro Nacional da APL (Aveiro 1998), Braga, APL, vol.I, 241-249. (em colaborração com Clara Nunes Correia).
1999, «São as representações cognitivas primitivas ou construídas?», Revista Portuguesa de Humanidades, vol.3, 11-23.
2000, "La négation en linguistique: quelques configurations spécifiques", Cadernos de Filosofia 7, 15-22.
2000, "Para uma gramática descritivo-explicativa do português" in E.Gärtner, C.Hundt & A.Schönberger (eds.), Estudos de gramática portuguesa (I), Franckfurt am Main, TFM, 15-28.
2000, "Sur les formes composées du prétérit en Portugais" in A.Englebert, M.Pierrard, L.Rosier & D.V.Raemdonck (eds.), Actes du XXIIe Congrès International de Linguistique et Philologie Romanes (Bruxelles 1998), Tübingen, Max Niemeyer Verlag, 57-63.
2001, «Enunciação mediatizada e operações cognitivas» in A.S.Silva (org.) Linguagem e Cognição. A perspetiva da Linguística Cognitiva», Faculdade de Filosofia de Braga, Braga, APL/UCP, 325-340.
2002, "Instabilités linguistiques dans le portugais européen actuel" in M.H.Araújo Carreira (dir.) L'instabilité dans les langues romanes, Universidade Paris VIII, 205-215.
2002, «Questões aspetuais: algumas especificidades do português» in S.Grosse & A.Schönberger (eds.) Ex oriente lux. Homenagem a Eberhard Gärtner, Frankfurt am Main, Valentia, 73-88.
2003, "Exercício sobre uma ode" in I.Castro e I.Duarte (eds.), Razões e emoção. Miscelânea de estudos oferecida a Maria Helena Mira Mateus pela sua jubilação, vol. I, Lisboa, Imprensa Nacional -Casa da Moeda, 115-128.
2003, "Uma interpretação do tempo linguístico em Para Sempre de Vergílio Ferreira" in M.J.Nobre Júlio (org.) In Memoriam de Vergílio Ferreira, Lisboa, Bertrand, 102-117.
2003, «Les verbes modaux dans l'expression de la catégorie du médiatif» in Atas del XIII Congreso Internacional de Lingüistica y Filologia Románica (Vol.II/1), Tübingen, Max Niemeyer Verlag, 185-192.
Como referenciar: Maria Henriqueta Costa Campos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 01:08:27]. Disponível na Internet: