Maria João Rodrigues

Professora, economista e antiga governante, Maria João Rodrigues licenciou-se em Sociologia no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE), onde também completou uma agregação em Economia, e fez três mestrados em Economia na Universidade da Sorbonne, em Paris. No mesmo estabelecimento de ensino francês concluiu ainda um doutoramento em Economia. Tornou-se, entretanto, professora catedrática de Economia no ISCTE.
Em 1995, foi escolhida pelo primeiro-ministro socialista António Guterres para o cargo de ministra para a Qualificação e o Emprego, que desempenhou até 1997.
Em 2000, coordenou o Conselho Europeu de Lisboa e a linha de ação da Presidência Portuguesa da União Europeia (UE), intitulada "Emprego, reformas económicas e coesão social - para uma Europa da inovação e do conhecimento". Antes, entre 1998 e 1999, coordenara o Gabinete do primeiro-ministro nas negociações da Agenda 2000 da UE, a nível económico e social. Em 2005, sendo presidente do Conselho das Ciências Sociais da Comissão Europeia (CE), foi nomeada Conselheira Especial da presidência da CE. Paralelamente, integrou o Conselho do European Policy Centre, em Bruxelas, e o Conselho da Notre Europe, em Paris. Antes já tinha desempenhado diversas funções de apoio a entidades ligadas à UE, como os grupos de Alto Nível sobre o Futuro das Políticas Sociais Europeias e sobre a Sociedade de Informação.
Desde meados da década de 80, publicou diversos trabalhos e estudos sobre emprego, recursos humanos, competitividade e desenvolvimento. Proferiu também diversas conferências na Grécia, Alemanha, Bélgica, Suíça, Inglaterra, Suécia, França, República Checa, Áustria e Brasil.
Maria João Rodrigues recebeu, em 1986, o Prémio Gulbenkian de Ciência e Tecnologia e, nesse mesmo ano, foi nomeada para o prémio universitário francês Gaetan Pirou. Em 2000, recebeu a Ordem da Couronne de Chêne, Grau de Comendador, do Grão-Ducado do Luxemburgo, pelo contributo dado na promoção da Europa social. Três anos mais tarde, foi distinguida com a Ordem do Infante Dom Henrique, no grau de Grande Oficial, da República Portuguesa, pelas funções académicas e públicas e pelo contributo europeu.
Como referenciar: Maria João Rodrigues in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 07:00:04]. Disponível na Internet: