Maria José Ritta

Maria José Ritta nasceu em 1943, em Lisboa. Estudou no Instituto Superior de Línguas e Administração e no Instituto Superior de Ciências Sociais.
Ainda durante a juventude chegou a ser manequim, ocupação que abandonou quando entrou para a Transportadora Aérea Portuguesa. A nível profissional, o posto de maior destaque que ocupou foi o de diretora geral da TAP - Air Portugal para o mercado português. No entanto, deixou o cargo em 1996 quando o seu marido, Jorge Sampaio, foi eleito Presidente da República de Portugal. A partir do momento em que Jorge Sampaio assumiu a presidência, Maria José Ritta passou a dedicar o seu tempo a ações de solidariedade social, tendo como principais áreas de intervenção a prevenção social, a educação e a saúde, através da articulação da família, escola, unidades de saúde e comunidade, assim como áreas do voluntariado social, cidadania empresarial e identidade cultural, comunidades portuguesas e cooperação social nos países lusófonos.
No ano 2000, recebeu no Casino da Póvoa de Varzim o prémio Dragão de Ouro das mãos de Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do Futebol Clube do Porto, pela sua dedicação ao clube de que é adepta.
Em abril de 2002, Maria José Ritta regressou às passerelles ao participar nos desfiles do Portugal Fashion que decorreram no Casino da Figueira da Foz. A então primeira-dama de Portugal desfilou com vestido assinado pelo costureiro Augustus e foi ela quem encerrou a noite inaugural do evento.
Como referenciar: Maria José Ritta in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-14 00:22:29]. Disponível na Internet: