Mary Poppins

Comédia musical norte-americana produzida pela Disney em 1964, realizada por Robert Stevenson e interpretada por Julie Andrews, Dick Van Dyke, David Tomlinson, Glynis Johns, Karen Dotrice e Matthew Garber. O argumento foi escrito por Bill Walsh e Don DaGradi, adaptando um conjunto de livros da autoria de P. L. Travers sobre a personagem que dá o título ao filme. Inicialmente resistente à adaptação dos seus livros ao cinema, Travers acabou por sucumbir aos assaltos de Walt Disney e deu o seu acordo ao guião que gerou um clássico absoluto do cinema para toda a família, conjugando a comédia, o musical e a fantasia, e incluindo a espetacular mistura para a época de personagens de carne e osso com algumas sequências animadas.
Mary Poppins conta a história de uma família britânica na Londres do início do século XX, os Banks: o pai banqueiro (David Tomlinson), a mãe sufragista (Glynis Johns) e os seus dois filhos rebeldes, Jane (Karen Dotrice) e Michael (Matthew Garber). Os miúdos chamam a atenção dos pais por infernizarem a vida a todas as amas que passam pela casa. Um dia, correspondendo a um anúncio concebido pelos próprios miúdos, surge dos céus a voar com o seu guarda-chuva uma nova e mágica ama, Mary Poppins (Julie Andrews, na sua estreia no cinema). Ela e o seu amigo Bert (Dick Van Dyke), um limpa-chaminés e artista de rua, vão guiar os miúdos ao longo de uma viagem cheia de deslumbramento. Pelo caminho, Mary vai ainda mostrar ao banqueiro quais são as coisas realmente importantes da sua vida.
Entre as sequências mais inesquecíveis do filme, conta-se o momento - passado dentro de um mundo de desenhos animados cheio de animais - em que as crianças aprendem a divertida e desconcertante canção cujo título ficou na história: "Supercalifragilisticexpialidocious". As canções - da autoria dos irmãos Richard e Robert Sherman - constituem, aliás, uma das principais mais-valias do filme. Por exemplo, "Chim Chim Cheree" (vencedora do Óscar) ou "A Spoonful of Sugar".
Inteiramente filmado em estúdio, Mary Poppins é um filme tecnicamente brilhante, cheio de humor e de charme visual. Venceu 5 Óscares de Hollywood: Melhor Atriz Principal (Julie Andrews), Efeitos Visuais, Montagem, Banda Sonora e Canção Original, obtendo mais oito nomeações (Melhor Filme, Realizador, Argumento Adaptado, Fotografia, Direção Artística, Guarda-roupa, Som e Adaptação ou Tratamento Musical). Venceu também o Globo de Ouro para a Melhor Atriz em Musical ou Comédia (Andrews), obtendo nomeações para o Melhor Filme Musical ou Comédia, o Melhor Ator em Musical ou Comédia (Dick Van Dyke) e a Melhor Banda Sonora Original.
Como referenciar: Mary Poppins in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 08:13:50]. Disponível na Internet: