mausoléu

O termo mausoléu deriva do grego mausoleion, em latim mausoleum. O seu nome deriva do rei Mausolos (século IV a. C.), sátrapa (governante do império persa) sepultado no mausoléu de Halicarnasso. O mausoléu é um monumento funerário, uma construção que aloja túmulos, tendo originado uma tipologia arquitetónica dentro da arte funerária ou cemiterial. Com o passar do tempo, foi caindo em desuso, além de nem todas as dinastias, famílias ou tradições artísticas e culturais terem tido o mausoléu como referência arquitetónica na arte funerária. Os mausoléus tiveram um grande desenvolvimento e projeção artística na época em que os povos turcos formaram dinastias em várias regiões da Ásia e da Europa de Leste e quiseram perpetuar os seus nomes.
O exemplo de mausoléu mais antigo é no Irão, chamado dos Sassânidas (dinastia persa), erigido em Bucara no século X a. C, ainda antes daquela dinastia reinar (só o fez entre 224 e 636 d. C.). Foi edificado em tijolo, com planta quadrangular ou poligonal, sendo encimado por uma cúpula, a forma mais comum de coroar arquitetonicamente os mausoléus.
Um dos exemplos mais conhecidos de um mausoléu é o de Halicarnasso, de que nada chegou até aos nossos dias. Era um túmulo construído na Ásia Menor (atual Turquia Ocidental) para um rei persa, Mausolo, construído entre 353 e 350 a. C., mandado fazer pela viúva do soberano, Artemísia. Este é uma das sete maravilhas do mundo antigo, uma classificação modernamente confirmada pela UNESCO. Foi projetado pelos arquitetos Pízio e Sátiro, em mármore branco e com decoração de grandes escultores da época. Foi destruído por um sismo na época moderna.
O mausoléu foi assimilado pelos Romanos e mesmo, entre estes, pelos primeiros cristãos. A forma circular do edifício foi mantida em Roma, como se vê no caso de S. Constança, por exemplo. Da época romana recordemos ainda o mausoléu de Adriano (76-138), em Roma (atual Castelo Sant’Angelo), construído para albergar os restos mortais do imperador que lhe deu o nome e ordenou a sua construção. Entre outros mausoléus, realce-se também o Taj Mahal, em Agra, na Índia, todo em mármore branco, erigido entre 1632 e 1654, por um imperador mogol, de seu nome Shah Jahan, em honra da sua esposa amada e preferida, Mumtaz Mahal, entretanto falecida.
Como referenciar: mausoléu in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-17 19:11:19]. Disponível na Internet: