Máximo Gorki

Escritor russo, de seu verdadeiro nome Alexei Maximovitch Peshkov, nascido 28 de março de 1868, em Nizhni Novgorod, e falecido a 14 de junho de 1936. Poderoso ficcionista, aplaudido como o expoente da literatura proletária, celebrizou-se por contar histórias de párias e de vagabundos. Descreveu o movimento revolucionário russo na obra A Mãe (1906), e nesse mesmo ano partiu para o exílio. Atingiria o cume da sua produção literária com uma trilogia autobiográfica, composta por A Minha Infância (1913-1914), Ganhando o meu Pão (1915-1916) e As Minhas Universidades (1923).
Como referenciar: Máximo Gorki in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-03 08:16:58]. Disponível na Internet: