média aritmética

Ao efetuar estudos estatísticos é necessário lidar frequentemente com uma grande quantidade de dados, o que faz com que a informação seja pouco manejável. Uma das formas de descrever a variável em estudo de forma suficientemente aproximada é através do recurso às chamadas medidas numéricas descritivas que, por sua vez, se dividem em dois tipos: medidas de posição e medidas de dispersão.
A média aritmética, ou simplesmente média, define-se como sendo o quociente da soma de todos os valores observados pelo número total desses valores. Sendo a variável estatística em estudo representada por x, costuma representar-se a média da seguinte forma:

(para n observações)
Em alguns estudos estatísticos, sobretudo se tiverem um grande número de observações, aparecem muitas vezes valores que se repetem. Ao número de vezes que um determinado valor se repete dá-se o nome de frequência absoluta desse valor e representa-se habitualmente por F. A frequência absoluta de x1 será F1, a de x2 será F2, etc. Desta forma, a expressão anterior adquire a forma



Por exemplo, suponhamos que um estudo sobre o número de ocupantes de cada automóvel ligeiro que passou num determinado cruzamento num determinado intervalo de tempo proporcionou os seguintes resultados:



Em vez de termos que somar cem parcelas (correspondentes ao número de observações) basta-nos somar cinco parcelas correspondentes aos cinco diferentes resultados, sendo assim:

Como referenciar: média aritmética in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-17 19:46:24]. Disponível na Internet: