medida velha

Técnica tradicional de versejar caracterizada por estruturas como a esparsa, a cantiga e o vilancete, em redondilha menor (composição poética com versos de cinco sílabas) e redondilha maior (composição poética com versos de sete sílabas) que foram utilizadas pelos poetas do Cancioneiro Geral.
A medida velha foi conciliada com a medida nova por poetas como Sá de Miranda, Diogo Bernardes, entre outros.
Como referenciar: Porto Editora – medida velha na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-24 17:10:25]. Disponível em