meitnério

O meitnério, cujo símbolo químico é Mt, é um elemento químico sólido a 25 °C, metálico pertencente à classe dos metais de transição, preparado por síntese, de cor branco-prateada ou acinzentada, que se localiza no grupo 9 e período 7 da Tabela Periódica.
Este elemento possui número atómico 109 e massa atómica 268.
O elemento meitnério com número atómico 109 foi descoberto em agosto de 1982 pelos cientistas alemães Peter Armbruster e Gottfried Munzenber e seus colaboradores, na Alemanha, no GSI (Gesellschaft Schwerionenforschung Institut).
Este novo elemento foi produzido pela fusão de átomos de ferro-58 e átomos de bismuto-209, que juntos produziam um neutrão. Este processo foi realizado acelerando os átomos de ferro até uma elevada energia usando o acelerador de iões pesados UNILAC do GSI.
Este elemento teve a designação provisória de unnilénnio (Une) derivado dos termos grego e latino para 1-0-9, isto é, un-nil-enium mas foi a designação de meitnério que foi aprovada pela IUPAC (International Union of Pure and Applied Chemistry).
O meitnério não se encontra presente na Natureza. Se este se encontrasse presente constituiria um risco devido à sua perigosa radiação. Nunca foi observada a formação de grandes quantidades de meitnério uma vez que este decai muito rapidamente devido à emissão de partículas alfa. As primeiras amostras foram obtidas a partir de reações nucleares envolvendo a fusão de um isótopo de bismuto, o bismuto-209, com ferro-58.
Este elemento não apresenta aplicações práticas e desconhecem-se as suas reações com o ar, a água, os halogéneos, os ácidos e as bases.
Como referenciar: Porto Editora – meitnério na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-18 08:04:33]. Disponível em