melotésia

Por melotésia entende-se o tratamento de cada uma das partes do corpo do Homem segundo o signo do Zodíaco ou planeta atribuído a cada uma destas mesmas partes. Esta atribuição é feita normalmente por meio de desenhos, bastante difundidos durante a Idade Média e o Renascimento, em que se representa um homem ou uma mulher (o "homem astrológico") com os animais de cada um dos signos sobre o órgão ou membro correspondente.
É frequente estes desenhos aparecerem em Livros de Horas, como o dos Irmãos Limbourg (Les très riches heures du Duc de Berry, 1410-1416), assim como em livros de medicina e herbários.
Também conhecida como iatromatemática, medicina astrológica ou astrologia terapêutica, contemplava igualmente a forma como os astros se dispunham no céu para efetuar os tratamentos. As manifestações mais antigas que se conhecem desta ciência é um tratado atribuído ao rei Netchepsu e escritos da autoria de pseudo-pitagóricos, estes últimos do primeiro século depois de Cristo. Os tratamentos de cura eram efetuados com ervas, sangrias e pedras-talismã que atraíam a influência do signo ou astro desejados para que a doença desaparecesse.
Como referenciar: Porto Editora – melotésia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-01 13:47:09]. Disponível em