Memórias de uma Gueixa

Filme dramático norte-americano realizado em 2005 por Rob Marshall, Memoirs of a Geisha foi interpretado por Zhang Ziyi, Gong Li, Michelle Yeoh, Ken Watanabe e Koji Yakusho, entre outros. O argumento foi escrito por Robin Swicord, adaptando o aclamado romance homónimo escrito por Arthur Golden em 1997.
A história inicia-se em 1929 num tradicional bairro de gueixas ("hanamachi"), no Japão. Chiyo (Zhang Ziyi) é uma rapariga de nove anos que é vendida como escrava para uma casa de gueixas. Aí aprende que não será livre para amar ou para tomar as suas próprias decisões, embora fique a saber que tornar-se numa gueixa pode significar o caminho direto para a prosperidade e independência de uma mulher. A gueixa mais importante da casa, Hatsumomo (Gong Li), tem muitos ciúmes de Chiyo e vai procurar destruí-la, mas Chiyo acaba por ser protegida pela rival de Hatsumomo, Mameha (Michelle Yeoh), a mais famosa das gueixas do bairro.
Sob a proteção de Mameha, Chiyo transforma-se em Sayuri, a mais lendária gueixa do país, altamente dotada em várias áreas como a conversa e a dança, desejada por praticamente todos os homens, exceto aquele por quem nutre uma obsessão secreta há longos anos - um poderoso homem de negócios (Ken Watanabe) que mostrou bondade a Sayuri quando ela era ainda apenas uma escrava. Agora que se aproxima a Segunda Guerra Mundial e o Japão se prepara para entrar numa nova era, Sayuri tem que decidir se valerá a pena abandonar tudo aquilo por que trabalhou ao longo dos anos. Retratando a aprendizagem de uma jovem que ambiciona ser gueixa para conquistar o homem por quem se apaixonou, este filme conta uma história de amor em paisagens exóticas e dá a conhecer melhor uma verdadeira instituição cultural japonesa: a arte das gueixas.
A recriação dos ambientes japoneses da época é muito boa, assim como toda a envolvência da vida das gueixas. Os trabalhos de cenografia, caracterização e guarda-roupa são muito importantes para transmitir toda a magia e ao mesmo tempo veracidade de um tempo e uma tradição. Apesar de tudo, muitos setores japoneses contestaram a obra, especialmente por utilizar atrizes chinesas em papéis japoneses tão específicos, mas também pelas críticas que já existiam à obra literária que lhe serve de matriz.
Merece ainda destaque a banda sonora composta por John Williams, que mistura sons orientais e ocidentais, tendo vencido o Globo de Ouro da categoria.
O filme obteve cinco nomeações para os Óscares, ganhando três: Direção Artística, Guarda-roupa e Melhor Fotografia.
Como referenciar: Memórias de uma Gueixa in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-18 01:04:38]. Disponível na Internet: