Meseta Ibérica

Unidade morfológica que se ergue no interior da Península Ibérica e que configura um planalto central, isto é, uma extensa superfície de erosão com cerca de 650 metros de altitude média.
Tem uma superfície de 210 000 km2 abarcando mais de um terço do território espanhol. As rochas que a constituem datam da Era Primária e são essencialmente formadas por materiais do Paleozoico (granitos, ardósias, quartzitos e gneisses).
Durante o pregueamento alpino originaram-se as cordilheiras que a rodeiam e que constituem o seu rebordo montanhoso (as serras do Noroeste Português a oeste e a noroeste, os Montes Cantábricos a norte, os Montes Ibéricos a nordeste e a Serra Morena a sul).
O Sistema Central Divisório ou Cordilheira Central Divisória, com a orientação aproximada de nordeste-sudoeste e constituída pelas serras do Guadarrama, Gredos e Gata (em Espanha) e Estrela, Lousã e Gardunha (em Portugal) divide a meseta em submeseta setentrional (correspondente ao planalto de Castela-a-Velha, Leão e Maciço Galaico-Duriense com altitude média de 700 metros e submeseta meridional correspondente ao planalto de Castela-a-Nova, Extremadura espanhola e Alentejo com altitude média de cerca de 600 metros).
Como referenciar: Meseta Ibérica in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-16 03:02:40]. Disponível na Internet: