Michael Johnson

Corredor de velocidade nascido em 1967 em Dallas, no estado norte-americano do Texas.
Foi na escola primária que Jonhson fez a sua primeira corrida, conseguindo segundo lugar nos 200 metros. Depois, durante alguns anos, concentrou-se apenas nos estudos, pois os seus pais pressionavam-no nesse sentido. No liceu, recomeçou a correr como júnior. Classificou-se de novo em segundo lugar na prova de 200 metros do "Texas State Meeting". A partir de 1987, com o treinador Clyde Hart, começou a apresentar capacidades de grande nível, tanto nos 200 como nos 400 metros.
Devido a uma lesão, Johnson apareceu a coxear nos Jogos Olímpicos de 1988. Esta seria a sua última derrota em corridas ao ar livre nos 400 metros.
Em 1989, de novo em forma, ganhou os 200 metros da NCAA na América. Mas uma nova lesão fê-lo falhar nas finais dos 200 metros, tanto no NCAA como nos encontros dos Estados Unidos da América.
Em 1991, Johnson melhorou o tempo nos seus 400 metros e ganhou o Campeonato do Mundo dos 200 metros em Tóquio. A sua margem de vitória (0.33) foi a maior margem de todas as finais desde que Jesse Owens ganhou em 1936.
Em 1992, nas Olimpíadas de Barcelona, Johnson foi afastado da corrida dos 200 metros, por um caso de intoxicação alimentar. No ano seguinte, ficou em 4.o lugar na prova de 200 metros nos Campeonatos do Mundo.
No ano de 1994, Michael Johnson ganhou, pelos seus feitos, o prémio mais cobiçado, o prémio Jesse Owens.
Em 1995, para além de ter vencido as provas dos 200 metros, 400 metros e 4x400 metros no Campeonato do Mundo de atletismo, Foi também considerado o atleta do ano pela quarta vez e ganhou pela segunda vez o prémio Jesse Owens, antes de ser nomeado "O Homem do Ano do Desporto" pela Comissão Olímpica dos EUA.
Nas Olimpíadas de 1996 bateu o recorde mundial dos 200 metros, conseguindo o feito extraordinário de correr essa distância em menos do dobro do recorde mundial dos 100 metros.
Em 1997, Michael Johnson alcançou a sua terceira vitória consecutiva em mundiais de atletismo na prova dos 400 metros. Em 2000, nos Jogos Olímpicos de Sydney, Johnson venceu as provas dos 400 metros e 4x400 metros.
Retirou-se da competição em 2001.
Como referenciar: Porto Editora – Michael Johnson na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-27 21:28:18]. Disponível em