Mika Hakkinen

Piloto finlandês de automóveis nascido a 28 de setembro de 1968, em Helsínquia.
Hakkinen começou a correr muito jovem no seu país em provas de karting. Passou depois pela Fórmula Opel, um troféu europeu de monolugares.
O passo seguinte foi a Fórmula 3 britânica, tendo vencido este campeonato em 1990 após um animado duelo com o seu compatriota Mika Salo. Em 1991, com 22 anos, ingressou na Fórmula 1, onde correu na pouco competitiva equipa Lotus, o que não lhe permitiu fazer grandes resultados. No ano seguinte, a Lotus conseguiu construir um monolugar mais competitivo, possibilitando ao finlandês fazer uns resultados mais positivos. Assim, no final da temporada, acabou por ser contratado pela McLaren, uma das equipas de topo da F1. Mas como esta já tinha ao serviço o brasileiro Ayrton Senna e o norte-americano Michael Andretti (campeão de Indycar), Hakkinen teve de se contentar com o posto de piloto de testes. Contudo, Andretti não se adaptou à Fórmula 1 e em setembro de 1993 foi substituído pelo finlandês. Até ao final da época, Hakkinen conseguiu por mais de uma vez superiorizar-se a um desmotivado Ayrton Senna. O brasileiro abandonou a equipa e, em 1994 e 1995, Hakkinen tornou-se o principal piloto da McLaren. Depois de ter alcançado no Grande Prémio de Suzuka, no Japão, o seu melhor resultado até então, Hakkinen sofreu um grave acidente nos treinos para o Grande Prémio da Austrália. Um pneu do McLaren furou e o carro acabou por bater de frente contra uma parede. Uma pronta assistência médica no local salvou a vida ao piloto finlandês.
Hakkinen recuperou durante o inverno e apresentou-se em forma para a época 1996. No ano seguinte, a McLaren conseguiu apresentar um carro competitivo e Hakkinen alcançou finalmente a sua primeira vitória, ao triunfar no Grande Prémio de Jerez de La Frontera, em Espanha.
Em 1998, sempre a correr pela McLaren, equipada com motores Mercedes, Hakkinen conquistou o seu primeiro título mundial, após ter vencido oito das dezasseis provas da temporada. Em 1999 repetiu o feito, destacando-se na parte final do campeonato, após ter cometido alguns erros de início.
No ano 2000 venceu cinco grandes prémios, mas isso não bastou para impedir que o título mundial fosse ganho pelo alemão Michael Schumacher, da Ferrari.
A temporada 2001 começou com um grave acidente na corrida da Austrália, mas ainda nesse ano Hakkinen ganhou os grandes prémios de Inglaterra e dos Estados Unidos da América. Entretanto, o finlandês já anunciara que iria parar de correr durante um ano em 2002. Contudo, em março desse ano anunciou que afinal se retirava definitivamente da competição.
Como referenciar: Mika Hakkinen in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 12:39:18]. Disponível na Internet: