Miklos Fehér

Futebolista internacional húngaro nascido a 20 de julho de 1979 em Tatabányán, na Hungria.
Começou a jogar oficialmente futebol no clube Gyori Eto, pelo qual se estreou na I Divisão húngara com apenas 16 anos. O jovem atacante, nesta primeira época, 1995/96, participou em oito jogos e marcou dois golos. Na temporada seguinte, afirmou-se como titular da equipa tendo apontado oito golos em 29 jogos. Em 1997/1998 apontou treze golos em 25 jogos e atraiu a atenção de diversos clubes estrangeiros.
Foi contratado pelo Futebol Clube do Porto, de Portugal, na altura treinado por Fernando Santos. Com 19 anos, a 22 de agosto de 1998, estreou-se no clube portuense, numa partida em que o FC Porto venceu o Rio Ave no Estádio das Antas por 4-0. Fehér só alinhou em mais quatro desafios do campeonato, já que na equipa principal jogava o goleador brasileiro Mário Jardel. Mesmo assim ajudou a equipa a conquistar o campeonato nacional, assim como a Supertaça. Mas ainda em 1998, no dia 10 de outubro, Fehér estreou-se na seleção húngara num jogo que ganhou por 4-0 ao Azerbeijão. Fehér viria a representar a seleção em outras 17 ocasiões.
Na época seguinte, manteve-se no FC Porto, mas voltou a ser pouco utilizado já que só fez outros cinco jogos, tendo apontado um golo. A meio da temporada foi emprestado ao Salgueiros, equipa do Porto que alinhava na I Divisão. Utilizado com mais regularidade, apontou cinco tentos em 14 desafios.
Na temporada 2000/2001 foi emprestado ao Sporting de Braga para ganhar mais experiência e acabou por ser um dos jogadores em foco nessa época. Apontou 14 golos em 26 jogos e foi um dos melhores goleadores do campeonato.
Fehér pretendia regressar ao FC Porto para tentar conquistar um lugar na equipa, mas desentendimentos com a direção do clube por causa do seu empresário e da renovação de contrato levaram a que fosse despromovido para o FC Porto B, que alinhava na II Divisão B.
Esperou quase um ano sem jogar para na temporada 2002/2003 assinar contrato com o Benfica, onde também teve dificuldade em conquistar um lugar na equipa principal. Mesmo assim marcou quatro golos nos 17 jogos em que participou no campeonato.
Em 2003/2004 voltou a não conseguir assumir lugar cativo na equipa principal e preparava-se para, a partir de fevereiro, fazer o resto da temporada noutro clube. No entanto, no dia 25 de janeiro desfaleceu em pleno relvado na parte final do desafio Vitória de Guimarães-Benfica, que se disputava à noite e com transmissão em direto na RTP. O jogador húngaro viria a falecer poucas horas depois, às 23h10, no Hospital de Guimarães.
O último golo marcado por Fehér aconteceu no dia 15 de outubro de 2003, num jogo da Taça UEFA em que o Benfica venceu os belgas do La Louvière por 2-1.
Como referenciar: Miklos Fehér in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-27 14:58:28]. Disponível na Internet: