Mili Balakirev

Compositor russo que nasceu em 1837, em Nizhni Novgorod, na Rússia, e morreu em 1910, em São Petersburgo. Foi um líder dinâmico do grupo de nacionalistas musicais.
Recebeu formação musical de sua mãe e, mais tarde, estudou com John Field, com Alexander Dubuque e com Karl Eisrich. Em 1855, apresentou o seu primeiro concerto de piano, em Kronshtadt. Alguns anos depois, através de Overture on Russian Themes e King Lear (1858-61), tornou-se o mentor de César Cui e de Modest Mussorgski. Em 1862, com a adesão de Nikolai Rimski-Korsakov e de Aleksandr Borodin, foi formado o Grupo dos Cinco. Durante a década de 1860, Balakirev atingiu o máximo da sua influência. Depois, compilou várias canções populares, que apresentou em Second Overture on Russian Themes, resultando, mais tarde, no poema sinfónico Russia. No entanto, a sua personalidade despótica levou-o a isolar-se do mundo musical, o que esteve na origem de uma depressão nervosa que o impediu de compor durante dez anos.
Balakirev desenvolveu um idioma e uma técnica muito próprios que impôs aos seus discipulos, especialmente a Rimski-Korsakov, a Borodin e a Tchaikovski. A sua música marcou a história musical, por ser extremamente colorida e imaginativa, especialmente Islamey (1869), Tamara (1867-82), Piano Sonata (1905) e Second Symphony (1908).
Balakirev é reconhecido como um dos mais proeminentes compositores nacionalistas russos, na companhia dos seus compatriotas Borodin, Cui, Mussorgsky e Rimsky-Korsakov, o chamado Grupo dos Cinco. Deixou um legado baseado na música tradicional russa e foi responsável pela recolha e classificação do património musical do seu país.
Como referenciar: Mili Balakirev in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-25 17:16:43]. Disponível na Internet: