Mirita Casimiro

Atriz portuguesa, de seu nome completo Zulmira Casimiro de Almeida, nascida em 10 de outubro de 1916, em Viseu, e falecida em 25 de março de 1970, em Cascais. Subiu aos palcos bastante cedo, com 18 anos, integrando o elenco da revista Viva a Folia (1934). As suas atuações foram marcadas pela irreverência e pela desenvoltura, tendo sido muito popular em revista. Foi também extremamente popular no Brasil, onde viveu durante oito anos. Fez também opereta, farsa e comédia, protagonizando, no cinema, a película Maria Papoila, de 1937, comédia popular que foi o seu maior êxito. Foi casada com Vasco Santana, com quem formaria uma Companhia Teatral. Em 1965, ingressou no elenco do Teatro Experimental de Cascais, a primeira companhia de teatro independente de Portugal. A sua última aparição cinematográfica foi na comédia Um Campista em Apuros (1968). Em 1968, um violento acidente de viação obrigou-a a abandonar os palcos. Na sua cidade natal, existe um auditório com o seu nome.
Como referenciar: Mirita Casimiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 09:45:01]. Disponível na Internet: