MMX

(Multimedia Extensions)
Designa o conjunto de 57 instruções introduzidas nos processadores Intel e outros processadores compatíveis no início de 1997 para o manuseamento de dados multimédia. Permitem um mais eficaz uso do processador para operações específicas de multimédia como processamento digital de sinal.
Apenas software escrito para chamar especificamente essas instruções pode fazer uso dessa potencialidade e, com efeito, não foi feito um grande esforço por parte de empresas criadoras de compiladores de várias linguagens para a plataforma x86 em adaptar os seus produtos para fazer uso extensivo destas instruções. Muito recentemente a Intel admitiu tratar-se de um flop o lançamento destes chips visto não terem tido um suporte em termos de software comercial como pano de fundo.
Como referenciar: MMX in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 06:42:31]. Disponível na Internet: