Modest Petrovitch Mussorgski

Compositor russo que nasceu em 1839, em Karevo, na Rússia, e morreu em 1881, em São Petersburgo. Ficou célebre pela ópera Boris Godunov (1874), pelas canções e pela famosa composição Pictures From an Exhibition (1874).
Revelou muito cedo uma enorme paixão pela arte dos sons, mas a família forçou-o a seguir uma carreira no exército. Em 1856 conheceu Dargomizhski, Cesar Cui e Mili Balakirev e, a partir daí, passou a dedicar-se à música. Em 1886, Mussorgski tinha já composto algumas canções notáveis, como Darling Savishna, Hopak e The Seminarist. Nessa altura compôs também o poema sinfónico Ivanova Noch na Ly Soy Gore. Entretanto, depois da morte dos pais, começou a beber em excesso e, nos períodos de pouca sobriedade, começou a compor a ópera Khovanshchina, que deixou incompleta quando morreu (foi concluída por Rimski-Korsakov). Em 1874, o seu trabalho mais importante, Boris Godunov, foi produzido em São Petersburgo, tornando-se num enorme sucesso.
A produção dos últimos anos da sua vida foi assinalada, sobretudo, pelos ciclos de canções Bez Solutsa e Pesui: Plyaski Smerti. A partir de 1881, o seu estado de saúde agravou-se imenso, devido às crises de epilepsia alcoólica.
Mussorgski é considerado por muitos o primeiro músico moderno. Através de um enorme poder de descrição musical, o seu trabalho revela cenas da vida russa. No entanto, as suas fortes caracterizações e convicções anti-românticas encontram-se reunidas em Boris Godunov, a sua obra-prima. A sua linguagem moderna influenciou sobretudo Claude Debussy, Maurice Ravel e Igor Stravinsky.
Como referenciar: Modest Petrovitch Mussorgski in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 02:26:46]. Disponível na Internet: