moeda única

A moeda única é o culminar de todo o processo de construção da União Económica e Monetária (UEM). Constitui o grande objetivo previsto no Tratado de Maastricht. Basicamente, trata-se de substituir as moedas dos vários países da União Europeia por apenas uma (o euro), comum a todos, com plenas funções monetárias.
Quando se atingiu a terceira fase da UEM, foram adotadas as taxas de conversão às quais as moedas ficaram irrevogavelmente ligadas, bem como as taxas entre as moedas que o euro substituiu. Este tornou-se assim uma moeda de direito próprio. O seu valor apenas pode variar em relação às moedas externas ao sistema.
O Banco Central Europeu é a única entidade habilitada a autorizar a emissão de notas de banco nos estados-membros, que só podem ser emitidas por ele e pelos bancos centrais. Apenas estas notas têm curso legal nos países da União.
Concluída a UEM, o Banco Central Europeu é o responsável pela condução da política monetária única da União Europeia.
Como referenciar: moeda única in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 00:43:03]. Disponível na Internet: