Mondim de Basto

Aspetos Geográficos
O concelho de Mondim de Basto, do distrito de Vila Real, localiza-se na Região Norte (NUT II) e no Tâmega (NUT III), na margem direita do rio Tâmega, a cerca de 120 km a nordeste do Porto. Fronteira natural entre Trás-os-Montes e o Minho, o concelho apresenta uma topografia acidentada dominada pelas encostas das serras do Marão e do Alvão e pelos rios Tâmega, Cabril e Olo. Está rodeado por Ribeira de Pena a nordeste, Vila Real a sudeste, Celorico de Basto (distrito de Braga) a oeste, Amarante a sudoeste (distrito do Porto) e Cabeceiras de Basto (distrito de Braga) a norte.
O concelho de Mondim de Basto ocupa uma área de 172,1 km2, na qual se distribuem 8 freguesias: Atei, Bilhó, Campanhó, Ermelo, Mondim de Basto, Paradança, Pardelhas e Vilar de Ferreiros. Em 2005, o concelho apresentava 8480 habitantes.
O natural ou habitante de Mondim de Basto denomina-se mondinense.
Junto à vila de Mondim de Basto, na parte este, ergue-se a cerca de 1000 metros de altitude o Monte Farinha. Integrada no Parque Natural do Alvão, aparece a zona de Ermelo com as suas famosas quedas de água de Fisgas de Ermelo.

História e Monumentos
Por todo o concelho são bem visíveis as marcas do seu vastíssimo património arquitetónico e cultural destacando-se a Igreja Matriz de Mondim de Basto; as pontes romanas do cabresto, de Ermelo e do Cabril; a Capela do Senhor; o Solar dos Machados, em Atei; o Solar dos Azevedos; o pelourinho de Ermelo; a Capela da Nossa Senhora da Graça e as casas com brasões da Igreja e do Eiró.

Tradições, Lendas e Curiosidades
Neste concelho realizam-se as seguintes festas: Nossa Senhora da Graça (quinta-feira da Ascensão); Nossa Senhora de Fátima (12 e 13 de julho) em Atei; Nossa Senhora de Fátima (último domingo de junho) em Vilar de Ferreiros; S. Bartolomeu (24 de agosto) em Bilhó; S. Jorge (terceiro domingo de Páscoa) em Paradança; S. Vicente (segundo domingo de agosto) em Ermelo; Santa Bárbara (primeiro domingo de junho) em Campanhó e São João Batista (24 de junho) em Pardelhas. A festa do concelho realiza-se entre 22 e 25 de julho, sendo o feriado municipal a 25 de julho.
Os trabalhos em linho e a tecelagem revelam a sabedoria e a arte destas gentes que, de maneira simples, mas com extraordinária mestria, evidenciam todas as suas vivências.

Economia
O turismo é uma das atividades económicas mais importantes no concelho, devido aos recursos naturais existentes e ao seu património cultural. O turismo aparece muito ligado à pesca desportiva e à caça, muito praticada nesta região. O Parque Natural de Alvão, principalmente a zona de Ermelo, com as suas quedas de água e as suas aldeias, é outra atração turística.
A agricultura ainda é uma atividade económica importante nesta região, salientando-se a produção de batata, centeio, trigo e vinha. Na pecuária, destaca-se a criação de porcos e bois. O pinheiro também desempenha um papel importante neste concelho.
Como referenciar: Mondim de Basto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-07 19:41:25]. Disponível na Internet: