Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios da Serra de Aire

Conjunto de pegadas de dinossáurios - que os historiadores datam de há 175 milhões de anos - encontrado em julho de 1994, no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, mais concretamente na chamada Pedreira do Galinha, na povoação do Bairro, em Ourém.
Consideradas um dos melhores exemplos de pistas de saurópodes conhecidas, as pegadas encontram-se em excelente estado de conservação. O local, com cerca de 60 000 m2, foi adquirido pelo Estado com o intuito de prosseguirem os estudos arqueológicos e, simultaneamente, de se preservar a descoberta. Em setembro de 1996, por aprovação do Conselho de Ministros, passou a ser designado por Monumento Natural.
Esta jazida paleontológica, composta por cerca de 20 trilhos de pegadas, é também conhecida simplesmente por Pegadas da Serra de Aire ou por Parque Jurássico, devido ao facto de a laje calcárica que a constitui pertencer ao Jurássico Médio.
Como referenciar: Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios da Serra de Aire in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-19 19:43:57]. Disponível na Internet: