Morais Sarmento

Poeta, romancista e dramaturgo português nascido a 22 de novembro de 1807, em Bobeda, Vila Real, e falecido a 17 de maio de 1870, em Chaves. Foi também fidalgo da Casa Real e comendador da Ordem de Cristo. Na época, distinguiu-se no romance e no drama históricos, foi folhetinista na Revolução de setembro (sendo considerado o precursor deste género) e colaborou em outros periódicos, como o Panorama, a Miscelânea Poética e a Revista Literária do Porto. É conhecido pelo seu Romanceiro Português, coleção de narrativas heroicas inspiradas pela moda da poesia popular de transmissão oral introduzida por Garrett com o poema Adozinda. Uma dessas histórias, evocando os amores trágicos de Manuel de Sousa Coutunho e D. Margarida de Vilhena, viria a inspirar o Frei Luís de Sousa de Garrett.
Como referenciar: Morais Sarmento in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 16:20:28]. Disponível na Internet: