Mozilla

Nome originalmente dado ao browser da empresa Netscape, que entretanto adotou a denominação comercial de Navigator. Consta que a palavra Mozilla provém da conjunção de Mosaic (nome de um browser então muito popular) com Godzilla (o célebre monstro da ficção).

O nome Mozilla identifica um projeto independente de colaboração pública no campo do software open source, iniciado a partir de grande parte do código-fonte do Netscape Navigator. Lançado e em grande parte financiado pela Netscape, o projeto Mozilla tinha inicialmente por objetivo aperfeiçoar o Navigator – não obstante, é agora o responsável pela criação e manutenção do browser Firefox e do cliente de correio eletrónico Thunderbird.
Com o evoluir do projeto e o gradual afastamento da Netscape, foi criada, a 15 de julho de 2003, a "Mozilla Foundation", um organização sem fins lucrativos com o único propósito de manter o apoio e coordenação ao projeto Mozilla, retendo e gerindo toda a propriedade intelectual.

Sendo uma organização sem fins lucrativos, a Mozilla Foundation viu surgir a necessidade de criar uma outra entidade, que, sob a sua alçada, pudesse ter um perfil mais comercial e assim legalmente gerir e aplicar os crescentes lucros provenientes dos produtos que desenvolve.

Surge assim, a 3 de agosto de 2005, a Mozilla Corporation, uma subsidiária da Mozilla Foundation que passa a deter a responsabilidade pelo desenvolvimento, marketing e lançamento dos produtos "Mozilla Firefox" e "Mozilla Thunderbird". Apesar de esta ter um perfil legal comercial e assim estar sujeita a impostos como qualquer outra empresa que visa os lucros, a Mozilla Corporation afirma gerir e reinvestir a totalidade do que recebe apenas em prol do desenvolvimento dos projetos Mozilla.


Como referenciar: Mozilla in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-01 23:36:57]. Disponível na Internet: