Nara Leão

Cantora brasileira, Nara Lofego Leão nasceu a 19 de janeiro de 1942, no Rio de Janeiro, Brasil. Com 12 anos iniciou a aprendizagem do violão, mostrando já uma grande sensibilidade para a música. Considerada a musa da bossa nova, nos anos 50 reunia em sua casa os compositores do novo estilo musical: Tom Jobim, João Gilberto, Vinicius de Moraes, Carlos Lyra, entre outros.

Construiu a imagem de cantora de protesto contra a ditadura dos anos 60 com a peça Opinião (1964) e chegou a participar na "Tropicália" de Caetano Veloso e Gilberto Gil, movimento de rutura com o "status quo" cultural do Brasil em finais dos anos 60.
Da sua discografia destacam-se os álbuns: Nara Pede Passagem (1966); Nara (1967); Vento de maio (1967); Dez Anos Depois (1971); Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos (1978), tributo a Roberto Carlos e Erasmo Carlos; Com Açúcar, Com Afeto (1980), tributo a Chico Buarque; Nasci Para Bailar (1982); Garota de Ipanema (1986), álbum de clássicos bossa-nova como "Água de Beber", "Chega de Saudade", "Desafinado" e "Garota de Ipanema"; Meus Sonhos Dourados (1987), no qual canta versões em português de clássicos norte-americanos como "Tea For Two", "As Time Goes By" e "Embraceable You".

Entre os temas que obtiveram maior sucesso estão "Com Açúcar, Com Afeto", "A Banda", "O Barquinho", "Acender As Velas", "Opinião", "Além do Horizonte", entre outros.

No cinema, surgiu ao lado de Chico Buarque e Maria Bethânia, no filme Quando o Carnaval Chegar (1972) de Carlos Diegues.

Morreu a 7 de junho de 1989.

A obra da cantora pode ser revisitada na edição O Melhor de Nara Leão (1998), da Polygram, onde estão reunidos os principais temas da sua carreira.



Como referenciar: Nara Leão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 03:23:34]. Disponível na Internet: