Nelson Piquet

Piloto brasileiro de Fórmula 1, Nelson Piquet Souto Maior nasceu em 1952, no Rio de Janeiro. Contra a vontade paterna, optou pelo automobilismo, sendo campeão brasileiro de Super V e conquistando o título inglês de Fórmula 3 em 1978. Estreou-se no Mundial de Fórmula 1, no Grande Prémio da Alemanha, acabando por conquistar três títulos de Campeão do Mundo da modalidade (1981, 1983 e 1987). Foi o primeiro campeão ao volante de um motor turbo, feito conseguido com um Brabham, equipa de que saiu no final 1985 (em rutura com Bernie Ecclestone, dono da Brabham), já depois de ter na sua conta pessoal dois títulos mundiais de pilotos. Em 1986 teve um ano de pouca sorte na Williams, porém, em 1987 alcançou o tri-campeonato, deixando o seu companheiro Mansell no segundo lugar. Em 1988 pilotou um Lotus e dois anos depois ingressou na Bennetton, onde se manteve, sem grande sucesso, até 1991.
Foi considerado o piloto mais antipático da F1, mas também sofreu muitas vezes comparações abusivas da imprensa que não faziam justiça ao seu imenso valor.
No total, correu 204 Grandes Prémios, registando um total de 23 triunfos. Abandonou a competição em 1994.

.
Como referenciar: Nelson Piquet in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-21 00:09:42]. Disponível na Internet: