Artigos de apoio

niilismo
Niilismo ou nihilismo é uma corrente filosófica que problematiza a falta de sentido da existência humana. Deriva, etimologicamente, do latim "nihil", que significa nada.
Resultante da necessidade de interpretação da situação histórica de incerteza e fragilidade do homem contemporâneo, o niilismo questiona a fé no sentido do existir e no valor do agir. O niilismo nega os valores metafísicos como a existência de Deus e qualquer padrão moral, caindo num vazio, numa conceção de vida sem qualquer sentido, a que resta apenas a espera pela morte.
É Nietzsche que, na segunda metade do século XIX, vê o niilismo como nosso destino histórico e trágico, após a "morte de Deus". O ser humano, com o pecado, perpetrou o assassinato de Deus e, por isso, ficou condenado ao nada infinito e perdeu os seus valores culturais. Também Heidegger, em pleno século XX, vê o niilismo como destino de nossa história.
O niilismo contemporâneo, muitas vezes recuperado pelo pensamento político do anarquismo, exprime uma inquietação e um sofrimento, um pathos crítico, cético, negativista e destrutivo.
Como referenciar: niilismo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-09-21 20:31:10]. Disponível na Internet: