Noël Pierce Coward

Ator, encenador, dramaturgo e compositor inglês, Noël Pierce Coward nasceu a 16 de dezembro de 1899, em Teddington, no Middlesex. Filho de um vendedor de pianos, foi muito cedo encorajado pela mãe, de natureza ambiciosa, nas suas aspirações teatrais.
Em 1917, apenas com dezoito anos de idade, estreou a sua primeira peça de teatro, mas a sua primeira comédia completa seria I'll Leave It To You, trazida a palco no verão de 1920, que contava a história de um tio que prometeu deixar a sua choruda herança ao sobrinho que conseguisse ganhar mais dinheiro. O sucesso obtido foi modesto e grandemente ultrapassado pela espetacularidade da peça que se lhe seguiria, The Vortex, estreada no Hampstead's Everyman Theatre em 1924, por ocasião do vigésimo quinto aniversário de Noël Coward. Tratando abertamente os temas da droga e do sexo, e tendo a participação do autor na pele de Nicky Lancaster, esta peça estabeleceu-o como ator e dramaturgo. Com as receitas da peça, decidiu comprar o seu primeiro Rolls Royce, mas pouco tempo depois da estreia de The Vortex nos Estados Unidos, sofreu um colapso nervoso. Passou a convalescença no Havai, onde compôs a famosa canção "A Room With A View".
Por volta de 1930, Noël Coward era o autor mais bem pago de todo o mundo. Para além da comédia excêntrica, sendo Fallen Angels (1925) e Hay Fever (1935), Private Lives (1933) e Design For Living (1933) exemplo da sofisticação inteligente e da provocação às convenções sociais, Coward também se dedicou a outros géneros. Assim, em 1933 estreou Cavalcade, obra de cariz patriótico e, com o rebentamento da Segunda Guerra Mundial, foi a vez de This Happy Breed (1942) e Brief Encounter (1944). Nos finais de 1943, Coward viajou até Nova Iorque para trabalhar em algumas emissões radiofónicas. Tendo contraído o vírus da gripe, foi enviado para a Jamaica para recuperar. Apaixonando-se pela ilha, não regressou antes de 1948, tendo nessa altura adquirido terras para construir uma propriedade.
Terminada a guerra, Noël Coward continuou a escrever prolificamente mas, para espanto seu, as suas peças não obtiveram tanta aceitação por parte do público. Foi então contratado como responsável de encenação de Cabaré no Café de Paris, em Londres e em seguida em Las Vegas. Ganhou muitas antipatias pela incompreensão dos ideais da nova geração, tendo apodado os Beatles de falta de talento, e renegando o realismo de dramaturgos como John Osborne e Samuel Beckett.
Em 1963, uma onda de revivalismo ressuscitou o interesse pela sua obra, quando Private Lives foi de novo levada à cena no Hampstead Theatre Club, o que originou uma sucessão de representações, incluindo algumas produções de prestígio no National Theatre. Nöel Coward foi investido cavaleiro em 1970, tendo sido grande parte da sua obra passada a cinema.
Veio a falecer a 26 de março de 1973, na Jamaica.
Como referenciar: Noël Pierce Coward in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 06:03:36]. Disponível na Internet: