Novas Bailatas

Volume póstumo, em cujo prefácio Luís de Magalhães chama a atenção para o "misto singular de ironia e sensibilidade, de graça bufa e de melancolia" que se desprende das composições, onde se operam "transições bruscas da emoção para a gargalhada, da folia incoerente para as lágrimas". A confusão entre verdade e ironia, já manifesta em Bailatas, acentua-se: "É tão cruel, tão dolorida,/ Esta desproporção entre a Verdade e o Sonho,/ O Pensamento e a Vida,/ Que à luz desse contraste os meus versos componho,/ Com a resignação de que em mim se elaboram/ Facécias de jogral com sorrisos que choram!" (de "Introdução"). O volume inclui apreciações críticas sobre Bailatas.
Como referenciar: Novas Bailatas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 03:54:23]. Disponível na Internet: