Novosibirsk

Cidade localizada na área central da Rússia. É a terceira maior cidade russa, a seguir a Moscovo e São Petersburgo, contando com uma população estimada de 1434 900 habitantes (2004), integrada numa aglomeração populacional estimada em cerca de 1460 400 habitantes. Novosibirsk é a capital da região administrativa homónima.
O clima da região é subpolar, com temperaturas muito baixas no inverno e não muito elevadas no verão, não ultrapassando os 15 ºC.
Foi fundada em 1893, com a designação de Novonikolayevsk, como referência a Nicolau II, o último imperador supremo da Rússia, durante a construção da linha férrea transiberiana. Em 1903, foi oficialmente tornada cidade, devendo-se o seu desenvolvimento à instalação deste meio de transporte, funcionando como um nó importante de transações e de comércio. Em 1925, por vontade da sua população, foi atribuída à cidade a designação atual de Novosibirsk (Nova Sibéria). Tornou-se também num centro industrial, nomeadamente ligado às indústrias de maquinaria pesada, têxtil, química e de metalurgia. O abastecimento energético é maioritariamente originário de uma barragem instalada no rio Ob.
Um dos seus monumentos de destaque é o Memorial, com placas de granito, onde estão inscritos os nomes das cerca de 30 000 pessoas que pereceram na Guerra Patriótica, em 1965.
O "dia da cidade" é celebrado no primeiro sábado de julho, com a realização de um desfile pelas ruas.
Novosibirsk é relativamente recente, sendo uma cidade cosmopolita, com infraestruturas modernas, como o metropolitano, inaugurado em 1985, com duas linhas e cerca de 10 estações. A parte ocidental da cidade possui uma arquitetura mais moderna, com edifícios altos e forte concentração comercial.
Como referenciar: Novosibirsk in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-12 09:35:49]. Disponível na Internet: