nuvem

Uma nuvem consiste numa aglomeração de gotículas de água ou de partículas microscópicas de gelo em suspensão na atmosfera ou de poeiras, fumos, gases industriais e outras partículas minúsculas.
As nuvens formam-se pelo arrefecimento por expansão adiabática do ar húmido da atmosfera (abaixo do ponto de orvalho) e o vapor de água condensa-se à volta de partículas higroscópicas (núcleos de condensação). As gotículas de água reúnem-se entre si (coalescência), formando gotas maiores que ao caírem originam a precipitação. As nuvens classificam-se em estratos (dispostas em camadas), cúmulos (arredondadas como novelos), cirros (nuvens altas filamentosas) e nimbos (escuras e amorfas), por sua vez subdivididas em 10 géneros, classes e subclasses, de acordo com o Atlas Internacional de Nuvens, editado pela OMM.
Podemos ainda ter nuvens de bom tempo (nuvens cumuliformes que aparecem principalmente no verão pela manhã), nuvens de gelo, nuvens nacaradas (semelhantes aos altocúmulos ou cirros que aparecem depois do pôr do Sol) e nuvens noctilucentes (nuvens semelhantes a cirros que aparecem ao anoitecer).
Como referenciar: nuvem in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-20 10:44:29]. Disponível na Internet: