Artigos de apoio

nylon
O nylon é uma fibra sintética poliamida obtida, como todas as fibras poliamidas, por policondensação das diaminas com ácidos dicarbónicos.
As diaminas são hidrocarbonetos com um grupo -NH2 nas extremidades.
É uma fibra resistente que absorve muito pouca humidade secando rapidamente.
No caso particular do nylon, a diamina é a hexametilenadiamina e o ácido dicarbónico é o ácido adípico.
A fibra de nylon caracteriza-se pela sua alta resistência, fraca absorção de humidade, cerca de 4% nas condições normais de humidade e temperatura, o que explica a rápida secagem dos artigos feitos com esta fibra. Apresenta um carácter termoplástico (derrete a 250 oC), o que obriga a cuidados especiais na sua passagem a ferro.
Tem boa resistência aos álcalis e tinge com os corantes ácidos da lã e da seda. Tem baixa densidade, o que é de grande importância no fabrico de artigos leves e resistentes. É degradado com relativa facilidade pela luz e é especialmente usado no fabrico de meias de senhora.
O nome provém do produto da empresa Du Pont de Nemours (EUA), que em 1938 o fabricou pela primeira vez com a denominação comercial de Nylon 66.
O lançamento comercial do nylon foi imprevisível. Foram postos à venda em todas as grandes cidades dos Estados Unidos 4 milhões de pares de meias. As filas na lojas eram enormes para adquirir a novidade. Em 4 dias vendeu-se a primeira reserva. No mesmo ano apresentaram-se as primeiras combinações de nylon. O material tornou-se tão popular como anteriormente fora o algodão, a viscose ou a seda artificial.
Como referenciar: nylon in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-10-23 01:48:34]. Disponível na Internet: