O Bispo

Poema panfletário em versos alexandrinos, de 1874, subintitulado Nova heresia em verso, onde, à semelhança de Os falsos apóstolos, de 1871, Guilherme Braga manifesta o seu anticlericalismo, condenando a hipocrisia e a devassidão do clero, proclamado inimigo do progresso e da liberdade.
Como referenciar: O Bispo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-12-02 07:14:46]. Disponível na Internet: