O Fantasma da Obra

Esta antologia poética (1973-1993) não corresponde a uma poesia completa, mas a uma seleção realizada pelo autor com o intuito de dar uma visão equilibrada sobre duas décadas de poesia. A antologia encontra a sua unidade talvez num trabalho sobre a linguagem e no recurso a processos de metaforização, o que permitiria repetir, na consideração de O Fantasma da Obra, as palavras prefaciais de José Augusto Seabra a La Tentation du Bonheur: "É preciso que nos deixemos impregnar pela música torrencial, pelo ritmo por vezes alucinante destes poemas, onde abundam figuras incandescentes, para nos inebriarmos com todas a ressonâncias e significações que delas brotam. Elas são o fruto maduro de uma consciência profunda da língua portuguesa cujos segredos José Jorge Letria tão bem sabe decifrar."
Como referenciar: O Fantasma da Obra in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-22 10:12:43]. Disponível na Internet: