O Sabor da Vida

"Narrativa densa de significado psicológico e social que nos transmite, de forma subtil e simultaneamente poderosa, as vivências, perplexidades de uma jovem que assiste à descoberta de um mundo [...] com o qual está em desencontro mas no qual, destruída e reconstruída incessantemente, terá de integrar-se, salvaguardando-se o mais possível de mutilações." (cf. nota introdutória sobre a autora, incluída em O Sabor da Vida). Romance que tem por tema a transição entre a adolescência e a vida adulta, vista a partir da consciência de uma jovem, Isabel, que se compreende mais complexa que os outros, que não consegue adequar-se a nenhum padrão. A inquietação e o inconformismo nascem da rutura entre a protagonista e uma sociedade burguesa, de que se sente diferente e de que se distancia pela observação irónica, mas com a qual terá de conviver em constante desgaste psicológico: ironicamente o título remete para um sabor (amargo) da vida enquanto vida não saboreada, não-vivida: "Dentro de mim está o enigma da vida que ansiosa e metodicamente busquei."
Como referenciar: O Sabor da Vida in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-13 12:43:03]. Disponível na Internet: