O Sexto Sentido

Thriller de grande sucesso realizado em 1999 por M. Night Shyamalan, The Sixth Sense foi o primeiro grande filme do realizador em Hollywood, com Bruce Willis e Haley Joel Osment nos principais papéis. A partir de um argumento da sua própria autoria, Shyamalan constrói uma interessante visão de um mundo sobrenatural, apresentando uma criança como seu elo de ligação com o universo físico. A ação centra-se na figura de Malcolm Crowe (interpretado por Bruce Willis), um credenciado psicólogo infantil que ao regressar a casa depois de uma homenagem pública vê o seu domicílio ser invadido por um antigo paciente perturbado por não ter sido devidamente ajudado pelo psicólogo. No decorrer de uma luta, Crowe é alvejado gravemente. Meses depois, o psicólogo conhece uma criança de oito anos, Cole (Haley Joel Osment), que vive presa num mundo de terror, manifestando incapacidade de adaptação à escola e de construir um grupo de amigos. Malcolm revê em Cole a possibilidade de redenção do seu erro, mas sente-se incapacitado de compreender a verdadeira dimensão do panorama de Cole - a criança recebe visitas de almas do mundo espiritual, seres que morreram de forma trágica ou violenta. A própria mãe de Cole (Toni Colette), dividida entre dois empregos, é incapaz de ajudar à recuperação psicológica do filho. À medida que o psicólogo se aproxima do seu jovem paciente, consegue convencê-lo que as visões espirituais devem ser encaradas como um pedido de ajuda por parte dessas almas e auxilia Cole a resolver o caso de uma jovem diabética que morrera vítima da negligência da sua madrasta. A partir daí, Cole será o intermediário entre um mundo espiritual e um mundo terreno, ajudando mesmo a sua própria mãe no esclarecimento de uma situação que sempre a traumatizara. O filme foi um dos maiores êxitos de bilheteira de 1999, alicerçado sem dúvida na qualidade do seu argumento expressa num dos finais mais bem conseguidos de toda a história do cinema. Para manter toda esta atmosfera de suspense que constitui a espinha dorsal da ação, Shyamalan utilizou as mesmas técnicas de Alfred Hitchcock: o movimento de câmara e a fotografia. Aliado a tudo isto, as brilhantes performances interpretativas dos seus atores principais. Osment viria mesmo a perder de forma surpreendente o Óscar de Melhor Ator Secundário para Michael Caine.
Como referenciar: O Sexto Sentido in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-30 17:50:04]. Disponível na Internet: