O Último Ano em Marienbad

Filme de Alain Resnais (1961), com argumento de Alain Robbe-Grillet . Protagonizado por Delphine Seyrig, Giorgio Albertazzi e Sacha Pitoeff, é um conto fascinante que se passa num hotel de luxo, onde um homem tenta persuadir uma mulher a fugir com ele, alegando que ambos tiveram um affaire no ano transato, algo de que ela não se lembra. As cenas são filmadas de forma enigmática, tentando fazer uma articulação entre um tempo presente e um passado que não existiu. Este filme foi um marco decisivo na formação de uma nova linguagem no campo do melodrama romântico, livre de todos os clichés que Hollywood impôs nas décadas de 40 e de 50 nesse género. O filme beneficia de um excelente trabalho de fotografia de Sacha Vierny. Por este título, Resnais venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza e Alain Robbe-Grillet foi nomeado para o Óscar de Melhor Argumento Original.
Como referenciar: O Último Ano em Marienbad in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-26 10:27:46]. Disponível na Internet: