Octávio

Peça levada à cena pelo Teatro Nacional, a 5 de maio de 1916, e publicada em 1927. Tem como protagonista um jovem aristocrata que, mau grado a sua misoginia, se vê obrigado a casar para satisfazer convenções sociais. Quando, no último ato, descobre que a esposa o traíra, visto que o filho que espera não poderia ser dele, adoece gravemente e morre. A ousadia do tema gerou um escândalo que não ofuscou, todavia, o reconhecimento da qualidade teatral desta peça, considerada uma das mais bem conseguidas no panorama da dramaturgia sua contemporânea.
Como referenciar: Octávio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 11:24:59]. Disponível na Internet: