Oliveira Viana

Professor, jurista, historiador, etnólogo e sociólogo, Francisco José de Oliveira Viana nasceu em 1883, na localidade fluminense de Rio Seco de Saquarema, e faleceu em 1951, em Niterói, Estado do Rio de Janeiro.
Ingressou no ensino após ter finalizado os seus estudos na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro em 1906. Em 1916 torna-se professor de Direito Criminal na Faculdade de Direito do Estado do Rio, em Niterói. Ocupou vários cargos de destaque tendo sido, nomeadamente, consultor jurídico do Ministério do Trabalho, membro da Comissão Especial de Revisão da Constituição e ministro do Tribunal de Contas da República.
Especializado em questões laborais, a ele se deve a base da atual legislação do trabalho do Brasil. Dedicou-se ao estudo da formação do Brasil, sendo o autor de uma obra básica da cultura brasileira, Populações Meridionais do Brasil (1922). Outra das suas obras de maior repercussão foi Raça e Assimilação (1932), onde chamou a atenção de outros estudiosos para o problema da inserção dos negros na sociedade.
Obras principais:
1920, Populações Meridionais do Brasil
1921, Pequenos Estudos de Psicologia Social
1922, O Idealismo na Evolução Política do Império e da República
1923, Evolução do Povo Brasileiro
1925, O Ocaso do Império
1927, O Idealismo na Constituição
1930, Problemas de Política Objetiva
1932, Raça e Assimilação (1932)
1932, Formation ethnique du Brésil Coloniel
1938, Problemas do Direito Corporativo
1939, As Novas Diretrizes da Política Social
1942, Os Grandes Problemas Sociais
1949, Instituições Políticas Brasileiras, 2 vols.
1958, Introdução à História Social da Economia Pré-Capitalista no Brasil
Como referenciar: Oliveira Viana in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-23 07:47:04]. Disponível na Internet: