Ondas de Paixão

Intitulado originalmente Breaking the Waves, este filme foi realizado em 1996 por Lars Von Trier. A história centra-se à volta do romance entre Jan Nyman (Stellan Skarsgard) e Besse (Emily Watson), uma jovem ingénua e simples, extremamente devota a Deus. Logo após o casamento, um acidente faz com que Jan fique paraplégico. Por sugestão de Jan, Bess entrega-se então a relações extraconjugais sucessivas, pensando inocentemente que tal facto possa curar o seu marido. O argumento, da autoria do próprio Van Trier, procurou descrever uma história de fé e amor que, embora pouco ortodoxo, reveste-se duma singela pureza de atos e intenções. Apesar deste ter sido o filme de estreia de Emily Watson, a sua atuação dramática é o ponto mais alto desta obra, vestindo a pele de uma personagem que jamais perde a fé e a esperança, mesmo sendo submetida à humilhação e crueldade. Nomeada para o Óscar de Melhor Atriz, Watson perderia o prémio para Frances McDormand.
Como referenciar: Ondas de Paixão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-18 22:10:46]. Disponível na Internet: