Orlando Bloom

Ator inglês, Orlando Jonathan Blanchard Bloom nasceu a 13 de janeiro de 1977, em Canterbury, Kent. O seu pai, Harry Bloom, foi uma das figuras lendárias do anti-apartheid, um ativista político que trabalhou ao lado de Nelson Mandela e esteve preso por causa das suas ideias. Morreu quando Orlando tinha apenas quatro anos. Aos 13 anos, a sua mãe contou-lhe que, afinal, o seu pai biológico era Colin Stone, um amigo da família, que o criou ao lado da sua mãe.
Orlando descobriu ainda cedo que queria representar e, em 1993, aos 16 anos, mudou-se para Londres para seguir o seu sonho. Frequentou durante dois anos o Teatro Nacional para jovens, onde ganhou uma bolsa de estudo para a Academia Anglo-Americana de Arte Dramática. Em 1997, estreou no cinema, com um pequeno papel no filme Wilde, de Brian Gilbert, protagonizado por Stephen Fry. O filme teve boas críticas e Orlando recebeu algumas ofertas de trabalho, mas preferiu não as aceitar para poder estudar na Escola de Música e Drama Guildhall, onde se formaria em representação em 1999. Por volta dessa altura, entrou em algumas peças de teatro como The Seagull, Twelfth Night, de William Shakespeare, e Trojan Women, entre outras.
Em 1999, numa audiência, foi escolhido por Peter Jackson para interpretar o papel do elfo Legolas na trilogia The Lord of the Rings (O Senhor dos Anéis, 2001-2003), baseada na obra de J.R.R. Tolkien, tornando-se conhecido do público mundial. A seguir, atuou em Black Hawk Down (Cercados), onde contracenou com Josh Hartnett, Ewan McGregor, entre outros. Dirigido por Ridley Scott, trata-se de uma adaptação da obra de Mark Bowden, sobre uma falhada missão militar norte-americana em Mogadíscio, na Somália.
2003 foi um ano repleto de trabalho e de sucesso: entrou em Ned Kelly, como um dos membros do gang, Joe Byrne; fez de Will Turner no filme de aventuras Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl (Piratas das Caraíbas: A Maldição do Pérola Negra), realizado por Gore Verbinski e protagonizado por Johnny Depp, e completou a trilogia de The Lord of the Rings com The Return of the King (O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei). Em 2004, Orlando atuou na comédia The Calcium Kid e interpretou o papel de Páris, no épico de Wolfang Petersen, Troy (Troia), uma adaptação livre da obra de Homero, ao lado de Brad Pitt, Eric Bana e Brian Cox. Ainda em 2004, contracenou com Bill Paxton no filme de produção independente Haven e, em 2005, desempenhou o papel principal, Balian, em Kingdom of Heaven (Reino dos Céus), um drama de Ridley Scott, ao lado de Liam Neeson e Jeremy Irons.
Como referenciar: Orlando Bloom in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-21 06:48:16]. Disponível na Internet: