Orlando Ribeiro

Considerado o maior geógrafo português do século XX, Orlando Ribeiro nasceu em 1911, em Lisboa.
Licenciou-se em Ciências Histórico-Geográficas pela Faculdade de Letras da Universidade da capital em 1934 e logo no ano seguinte apresentou a sua tese de doutoramento, intitulada A Arrábida, Esboço Geográfico. Partindo para Paris, onde foi leitor de português na Sorbonne de 1937 a 1940, teve oportunidade de contactar com grandes figuras dos estudos geográficos franceses dessa época, entre elas Albert Demangeon e Emmanuel de Martonne. Regressado a Portugal, foi lecionar para a Universidade de Coimbra, na qualidade de professor extraordinário, e em 1943 tornou-se professor catedrático da Universidade de Lisboa. Entretanto, em tempo de guerra, Orlando Ribeiro ia prosseguindo os seus contactos com geógrafos estrangeiros, nomeadamente alemães (entre eles Hermann Lautensach), com dificuldade mas tenazmente.
Na Universidade, onde fundou o Centro de Estudos Geográficos, Orlando Ribeiro teve um papel decisivo na consolidação da Geografia como área disciplinar autónoma e na afirmação da sua importância. Nos anos 50, conseguiu organizar no nosso País um congresso da União Geográfica Internacional, sendo depois eleito vice-presidente da organização. Em 1966 fundou a revista Finisterra, um órgão científico de projeção internacional. Teve ainda oportunidade de ensinar noutras universidades: no Rio de Janeiro, em Salamanca, no Quebeque, em Sevilha. O seu prestígio valeu-lhe a entrada em diversas academias científicas: a italiana, a de Lisboa, a de Madrid e a de Bordéus.
À data da sua morte, em 1997, Orlando Ribeiro deixou uma bibliografia vastíssima. Dos mais de trezentos títulos publicados, que incluem estudos com influência na historiografia, na etnologia e em outras áreas, destacam-se especialmente essa obra maior do panorama geográfico nacional que é Portugal, o Mediterrâneo e o Atlântico (1945); a desenvolvida Geografia de Portugal, escrita em colaboração com a sua mulher Suzanne Daveau e Hermann Lautensach; e os Opúsculos Geográficos.

Como referenciar: Orlando Ribeiro in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-20 10:21:35]. Disponível na Internet: