Os Canhões de Navarone

Filme de guerra coproduzido pelo Reino Unido e os EUA em 1961 e realizado por J. Lee Thompson, The Guns of Navarone foi interpretado por Gregory Peck, David Niven, Anthony Quinn, Stanley Baker, Anthony Quayle, Richard Harris, Irene Papas e Gia Scala, entre outros. O argumento foi escrito por Carl Foreman, adaptando um livro homónimo escrito por Alistair MacLean em 1957.
O capitão britânico Keith Mallory (Gregory Peck) e Andrea Stavrov (Anthony Quinn), um coronel do exército grego, combatiam em Creta quando foram chamados para uma "missão impossível". Sob o comando do major Roy Franklin (Anthony Quayle), vão tentar escalar um rochedo no sul da ilha de Navarone, na costa da Turquia. A sua missão é sabotar dois enormes canhões nazis que guardam a entrada na ilha de Kheros. A marinha britânica deveria ter enviado um apoio composto por soldados e bombas, mas falhou. Agora o tempo é curto para a equipa formada por Franklin, Mallory, Andrea e Miller (David Niven), especialistas em explosivos, e ainda um engenheiro e um especialista de comunicações. Franklin acaba por ficar ferido e é Mallory quem assume o comando. Todavia, como desconfia que Franklin possa revelar os planos ao inimigo no caso de ser capturado, Mallory ordena que ele seja levado numa maca. Mais tarde, acabam por contactar com resistentes locais: Maria (Irene Papas) e Anna (Gia Scala), uma rapariga muda. A missão é desmontada pelos alemães e eles acabam presos. Contudo, conseguem fugir, embora deixando Franklin para trás. Quando Miller descobre que a maior parte do equipamento foi sabotado, chegam à conclusão de que tem de haver um traidor entre eles. Descobrem que afinal Anna não é muda e foi a "agente dupla". Maria mata-a e a missão prossegue. Este é um clássico do cinema de guerra baseado na aventura e na emoção. O seu sucesso apoiou-se no drama humano, nas ótimas interpretações de um elenco de luxo e na excelência da produção, que usou numerosos extras filmando os exteriores no mar Mediterrâneo.
Venceu dois Globos de Ouro (Melhor Filme Dramático e Melhor Banda Sonora) e um Óscar (Melhores Efeitos Especiais), tendo sido também nomeado para os Óscares em mais seis categorias, incluindo a de Melhor Filme.
Foi alvo de uma sequela realizada em 1978: Force 10 From Navarone, de Guy Hamilton.
Como referenciar: Os Canhões de Navarone in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-20 20:17:15]. Disponível na Internet: